Plano de Saúde da Assefaz e Tabela Salarial são discutidos e definidos em reunião da Apruema

A direção da Associação dos Professores da Uema (Apruema) esteve reunida hoje, dia 05 de fevereiro, em sua sede administrativa, para tratar, mais uma vez, de duas importantes questões que dizem respeito ao seu corpo de docentes sócios: Plano de Saúde da Assefaz e Tabela Salarial dos Docentes da Uema. Presentes à reunião o presidente Mivaldo Oliveira e o vice-presidente Cristovam Filho, além dos diretores Manoel Salgado (Relações do Trabalho), Gervásio Azevedo (Aposentados), Sandra Passinho (Social), Jorge Passinho (Ensino, Pesquisa e Extensão)e Ubiraci Nascimento (Esporte e Lazer).

Sobre o primeiro assunto, que é o Plano de Saúde da Assefaz, a direção da Apruema já tomou conhecimento, por meio de carta circular, que o convênio entre a Fundação Assefaz e a Associação será, definitivamente, encerrado no dia 30 de abril deste ano, por decisão da Agência Nacional de Saúde (ANS), que não permite mais que associações possam gerir seus planos de saúde. Por outro lado, ao encerrar a participação de associações nos convênios, no caso da Fundação Assefaz, a ANS informa também que os mesmos convênios podem ser feitos com empresas de economia mista e/ou autarquias, tanto no âmbito federal quanto no estadual, como é o caso da Universidade Estadual do Maranhão (Uema).

Ao tomar conhecimento da gravidade do problema, por conta desse rompimento unilateral da ANS, a direção da Apruema já esteve reunida com a direção superior da Uema para definir esse importante e grave assunto, pois de acordo com a direção da Associação, existem usuários (idosos) do plano em severo tratamento que não podem ser interrompido.

Com essa latente preocupação, o presidente da Apruema, professor Mivaldo Oliveira, e o diretor de Relações do Trabalho da entidade, professor Manoel Salgado, foram até o vice-reitor da Uema, professor Walter Canales, que, diante dos fatos apresentados pelos dirigentes da Associação, de imediato fez contato com o responsável pelo setor de convênios em Brasília-DF, e solicitou com urgência a presença da advogada Talita, da PROGEP, para ela explicar sobre as providências já adotadas, tendo, na ocasião, o presidente Mivaldo exigido maior celeridade no processo em razão do prazo estabelecido pela Assefaz. No entanto, em contato mantido hoje, dia 05 de fevereiro, com a doutora Talita, o professor Mivaldo foi informado de que os dados dos professores já foram enviados para a Fundação Assefaz e que o processo será apreciado na próxima reunião, a ser realizada ainda neste mês de fevereiro para regularizar a situação.

Em relação à tabela salarial dos docentes da Uema, a Apruema encaminhará para a reunião dos Conselhos Universitários (CEPE, CAD e CONSUN), prevista pra acontecer também neste mês de fevereiro, três alternativas para definição dessa tabela salarial.

Compartilhar.