Apruema vai notificar a ANS sobre o distrato unilateral do Plano de Saúde Assefaz

Essa importante e acertada decisão foi tomada hoje, dia 05 de abril, em reunião da diretoria da Associação dos Professores da Uema (Apruema), realizada em sua sede administrativa, após o recebimento de uma notificação, datada de 15 de março deste ano, e enviada pela Assefaz ao presidente da Apruema, professor Mivaldo  Álvares de Oliveira. A notificação, que surpreendeu a todos, especialmente os docentes usuários do Plano de Saúde, trata exclusivamente do distrato unilateral do Plano de Saúde Assefaz com a Apruema.

Mas, no último 03 de abril, na própria sede da Apruema, já tinha sido realizada uma pequena assembleia com o corpo de docentes sócios da Associação para informar oficialmente sobre o rompimento desse contrato com a Assefaz, que segundo o distrato, expira já no dia 15 de maio deste ano. Nessa assembleia, atendendo solicitação da direção da Apruema, estiveram presentes Carlos Magno Bispo (corretor e gerente da empresa Vital Saúde) e Alberto Santiago (supervisor da Ultramed e representante da ANS). Este último (Santiago) disse que não tinha conhecimento do problema, fez alguns esclarecimentos pertinentes sobre o distrato, alertou para a gravidade da situação, mas se prontificou em verificar a situação “in loco” em Brasília junto à Agência Nacional de Saúde (ANS), e dar uma resposta com a maior brevidade possível para a direção da Associação. Na ocasião, recebeu da direção da Apruema, a carta na íntegra da Assefaz, que foi encaminhada ao presidente Mivaldo Oliveira e trata do rompimento do contrato.

Em meio a esse clima de incertezas, a direção da Apruema, preocupada com a situação, e não poderia ser diferente, esteve reunida novamente hoje, como já dissemos, e definiu, entre outras medidas, dois pontos consensuais: encaminhar uma carta à ANS, com cópia para a Assefaz, notificando sobre o rompimento unilateral do contrato. E outra carta aos docentes sócios titulares do Plano de Saúde Assefaz, esclarecendo todos os pontos e medidas que vão ser tomadas. As duas cartas já estão sendo elaboradas pela Assessoria Jurídica da Apruema, que tem à frente o advogado Arnaldo Vieira, presente também na reunião, que contou com a participação dos diretores Jorge Heleno Baldez, Sandra Passinho, Manoel Salgado, Ubiraci Nascimento, Gervasio Azevedo, Tiana Rodrigues, José Geraldo Bogéa, Hamilton Almeida, Hamilton Santos, e o professor colaborador Francisco Nóbrega. Em tempo: no próximo dia 10 (quarta-feira), a partir das 9h30, na sede administrativa da Associação, já está marcada uma nova reunião de diretoria para tratar exclusivamente desse assunto.

Compartilhar.